domingo, 10 de novembro de 2013

Alfabetização das crianças

Este é um excelente guia com dicas práticas e interessantes de como promover a alfabetização nas crianças.

Pequenas atitudes, que aparentemente parecem banais ajudam a criança a associar a linguagem oral à escrita. 

Desde muito pequenos, deve evitar-se a utilização de "linguagem de bebé", optando pelo uso correto das palavras (dizer "carro" e não "pópó", dizer "cão" ou "gato" e não "au-au" ou "miau" e tantos outros exemplos que com certeza se estão a lembrar agora). Como a criança está num processo de aprendizagem vai assumir como correta e verdadeira qualquer palavra que usem associada a um objeto, animal ou outro. Dessa forma, e se não houver outro tipo de estímulos exteriores que a levem a perceber que não está a "chamar as coisas pelo nome certo" vai continuar achar que o "Méme" e a "Ovelha" são dois animais diferentes.

É também muito importante que, desde cedo se leia para a criança deixando que ela acompanhe a leitura. Por volta dos 4/5 anos a criança começa a ser capaz de escrever o seu nome (inicialmente copiando a partir de um suporte escrito) e mostra-se também com competências para copiar outras palavras diversas. Mas, na minha opinião não se deve forçar a criança a aprender a escrever em idade pré-escolar, este deverá ser um processo quase natural. O importante é despertar na criança o gosto pela leitura e criar um ambiente em que eles percebam que a cada palavra que dizemos (oralmente) corresponde uma palavra escrita. Usar etiquetas em alguns objetos em casa pode ser uma boa iniciativa para fazer com a criança. 

No guia tem um conjunto de conselhos práticos para fazermos com as crianças, em idade pré-escolar e escolar (adaptando de acordo com a idade da criança, tendo em conta o que referi no parágrafo anterior), de forma a promover a alfabetização. E vão ver que são atividades bem simples ... basta envolvermos a criança em pequenos momentos da rotina diária e criarmos um espaço propício ao desenvolvimento da linguagem oral e escrita.